As dores no corpo que podem ser provocadas por problemas emocionais...ver mais
29/11/2023

PUBLICIDADE

A desordem emocional, estresse se manifesta por meio de dores e de múltiplas doenças físicas. Se não for tratado, essas complicações podem evoluir comprometendo a saúde.

Como essas dores se manifestam
A região cervical, torácica e principalmente a lombar são as mais afetadas. Isso porque a coluna é responsável pela sustentação do corpo e por isso as costas acabam recebendo uma carga maior em situações de estresse e alterações do emocional.

1. Dor de cabeça 
Tensão emocional e muitas preocupações. Pessoas que pensam demais e realizam pouco. Amargura com alguma recordação de eventos passados, entre outros.

2. Dor no pescoço/nuca
Forte tensão emocional, conflitos entre a razão e os sentimentos.

PUBLICIDADE

3. Dor nos ombros
Sobrecarga de tarefas, tensão emocional, timidez, medo, insegurança.

4. Dor nas costas
Medo, desamparo, insegurança, sobrecarga de tarefas, tensão emocional.

5. Dor na lombar
Sobrecarga de tarefas, tensão emocional, medo, insegurança.

6. Dor nas mãos
Sobrecarga de tarefas, tensão emocional, medo, insegurança.

7. Dor nas articulações
Sentimento de impotência, grande tensão emocional, medo e tristeza. Rigidez de pensamentos, inflexibilidade.

8. Dor muscular
Tensão, energia acumulada, tristeza, medo, raiva, conflitos existenciais.

9. Dor de estômago

PUBLICIDADE


Tensão, irritabilidade, conflitos insolúveis, mágoa, raiva, nervoso.
É uma das mais comuns em quem sofre com problemas emocionais. As fortes emoções como aquelas ligadas a momentos especiais e discussões acaloradas podem causar dor no estômago. Quando a pessoa relaxa, as dores tendem a desaparecer.

10. Dor nos quadris
Sobrecarga de tarefas, tensão emocional, medo, insegurança.

11. Dor nos joelhos
Sobrecarga de tarefas, tensão emocional, medo, inseguranças.

12. Dor de garganta
Assim como as dores no pescoço, as dores na garganta causadas por problemas emocionais podem surgir por causa da rigidez muscular.

PUBLICIDADE


Algumas pessoas relatam que sentem a garganta “fechar”quando estão sob fortes emoções.
Esse movimento inflama o órgão e provoca as dores sentidas, além de rouquidão e dificuldades para falar e engolir.

Formas de tratamento
A terapia desse tipo de dor deve contar com uma abordagem multidisciplinar, que pode incluir médico, psicólogo, fisioterapeuta, educador físico(exercícios, caminhada), além de outros profissionais.
A atividade física é um fator essencial para a recuperação. "Em geral, atividades na água, pilates ou atividades mais intensas, desde que supervisionadas. Outros tratamentos incluem fisioterapia, acupuntura e massagem.

PUBLICIDADE

AD
Artigo